LGPD

ENTENDENDO LGPD

LGPD é uma obrigação legal. Qualquer empresa que realiza o tratamento de dados de pessoa física, seja nome completo, telefone ou e-mail, precisa implementar a Lei Geral de Proteção de Dados em sua empresa. Isso porque, as consequências da não implementação da LGPD podem lhe custar até R$ 50 milhões, fora o prejuízo reputacional e de imagem.

PERGUNTAS FREQUENTES

Siim! A Lei Geral de Proteção entrou em vigência em 2020 e, desde então, todas as empresas que realizam o tratamento de dados de pessoas físicas precisam fazê-lo conforme essa Lei, se não poderão incorrer em multa de até 50 milhões de reais.

Compliance é sinônimo de prevenção. Ele incorpora instrumentos e procedimentos dentro da sua empresa que a tornam mais saudável e competitiva. No mundo atual, todas as grandes corporações possuem um bom programa de Compliance, pois ele dá longevidade para empresa, além de prevenir contra riscos reputacionais, como: corrupção, suborno, assédio, riscos ambientais, trabalhistas e tributários.

A LGPD enumera inúmeras consequências caso a empresa não esteja de acordo com suas diretrizes e normas, desde advertência até multa no valor de R$ 50 milhões. Portanto, é de suma importância que todas as empresas que realizam o tratamento de dados de pessoas físicas sigam e incorporem em suas organizações os procedimentos delineados na Lei Geral de Proteção de Dados.

Primeiro, o Compliance vai evitar que você perca sua reputação, mantendo sua imagem intacta. Segundo, vai diminuir as chances de você ter um esquema de corrupção ou suborno rolando no meio do seu negócio. Ainda, evita casos de assédio moral e sexual. Padroniza seus contratos. Cria uma Política de Ética e Conduta. Evita riscos ambientais, tributários e trabalhistas. E aí, você ainda tem dúvida se o Compliance é essencial?

GOSTARIA DE AUMENTAR A CREDIBILIDADE, REPUTAÇÃO E RESULTADOS DA SUA EMPRESA ATUANDO DENTRO DAS NORMAS E BOAS PRÁTICAS ?